Diferentes gerações marcam duelo

iG Minas Gerais |

Suárez fez o Uruguai renascer no Mundial com dois gols no último jogo
marcos bezerra/estadão conteúdo – 19.6.2014
Suárez fez o Uruguai renascer no Mundial com dois gols no último jogo

Façam suas apostas! Os bicampeões uruguaios ou os tetracampeões italianos. Um deles vai deixar hoje a Copa do Mundo, enquanto o outro ainda terá a oportunidade de continuar sonhando com mais uma taça. É com esse panorama que as duas seleções vão medir forças em Natal, em uma partida que poderá consagrar o atacante Balotelli ou marcar a despedida do goleiro Buffon e do meia Pirlo com a camisa da Azzurra.

“Espero ganhar o jogo e continuar avançando. Essa história de despedida ainda não passou pela minha cabeça e nem vai passar. O objetivo é permanecer na Copa do Mundo e chegar na decisão”, afirmou Pirlo, que foi campeão mundial com a Itália em 2006. Apesar de a Itália jogar por um empate para garantir a vaga, o meia espera uma atuação diferente em relação ao jogo contra a Costa Rica. “Esperamos impor nosso jogo e vencer. Ninguém joga pelo empate. Não vamos fazer isso”, declarou o experiente Pirlo.

Na Celeste Olímpica, o sonho do tricampeonato fica depositado nos gols de Luiz Suárez, que se recuperou de uma contusão para disputar o Mundial no Brasil e, no último jogo, contra a Inglaterra, marcou os dois gols que mantiveram o sonho uruguaio de conseguir a vaga nas oitavas de final.

A seleção sul-americana não deve contar mais uma vez com o experiente zagueiro Lugano, que se recupera de lesão no joelho, mas deverá ter uma jovem promessa na defesa, Giménez, 19, para segurar os italianos.

“Conseguimos um resultado importante contra a Inglaterra, que manteve a nossa chance de classificação. Agora, é buscar superar a Itália para chegar às oitavas de final”, afirmou Giménez, o mais jovem jogador a vestir a camisa da Celeste Olímpica em uma Copa do Mundo.

O zagueiro terá a missão de marcar o atacante Balotelli. “É um grande jogador. Vou precisar estar 100% concentrado para marcá-lo e não dar chances”, disse Giménez. (AA)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave