Janelas para o mundo interior

Aposta nas técnicas milenares ajuda a formar jovens mais equilibrados

iG Minas Gerais | Ana Elizabeth Diniz |

Meditação. Monja zen-budista usa movimentos, cores e visualizações para propiciar o descanso pleno da mente, serenidade e atenção
Ana Elizabeth Diniz
Meditação. Monja zen-budista usa movimentos, cores e visualizações para propiciar o descanso pleno da mente, serenidade e atenção

Gabriel, Tomás, Islaynne, Mariaclara, Guilherme e Mariana foram chegando em uma manhã de sábado para a aula de ioga ministrada pela psicóloga e monja zen-budista Mariângela Maia de Oliveira (Rei Ho Ryosen). Repetindo uma tradição japonesa, os sapatos eram deixados do lado de fora.

Tímidos, levados, inquietos e alegres como toda criança, eles aos poucos foram entregando os motivos pelos quais não abrem mão dessa prática que, para a maioria, não foi uma imposição dos pais, mas uma escolha.

Mariaclara Vieira Favre tem apenas 7 anos, mas vendo a mãe meditar em casa, pediu para participar das aulas de ioga. “Meditar é divertido e aqui fazemos coisas legais. Brinco e me sinto calma”. Já Gabriel Palha Gama, 7, diz que se sente muito feliz quando está praticando. Gislaynne Fernandes Amorim, 9, comenta que estava muito agitada e nervosa e pediu para sua mãe fazer ioga. Saio mais calma e animada. Meus colegas de escola me criticam, mas eu não me importo”.

Guilherme Araújo Zebral Istanislau, 11, diz com convicção que “a prática faz bem para o corpo e o espírito”. Tomás de Castro, 6, Mariana Fernandes Flores, 6, e Gabriel Gomes Almeida, 9, alegam que se sentem mais pacientes.

Os relatos infantis reafirmam o que os estudos sobre a meditação realizados em todo o mundo já revelaram: “o contato com a meditação contribui para que a criança fortaleça sua sensibilidade e intuição e construa sua humanidade em bases sólidas. Meditar estimula a criatividade, desperta os sentidos, aumenta a concentração, a disciplina e a paciência”, ensina Mariângela Ryosen.

A monja utiliza cores, movimentos, visualizações e elementos lúdicos para introduzir as crianças no universo da ioga e da meditação. “As atividades envolvem posturas físicas, exercícios respiratórios, atenção, concentração, meditação, tudo de maneira lúdica, criativa e sensível. Com meditação, a paz estará nas ações, nas palavras e pensamentos, sempre”, ensina.

A educação ensina como usar a mente, mas não como aquietá-la. “Ensinar a criança a meditar é um convite para vivenciar o não pensamento, o descanso pleno da mente, tornando-a mais alerta à sua própria capacidade interna de ser. A excelência acadêmica deve valorizar os valores humanos universais, onde se cultiva o silêncio”, propõe a monja.

Saiba mais Contatos. Para informações sobre aulas, contate: Voa passarinho, (31) 3344-0507 e (31) 9365-2208. Ioga e meditação, (31) 9745-4450. Escola Miripiri Brasil, (31) 3297-5508.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave