Já classificada, Colômbia pode ter atleta mais velho a jogar uma Copa

Goleiro Mondragón, com 43 anos, pode quebrar o recorde do camaronês Milla em partida contra o Japão em Cuiabá

iG Minas Gerais | Folhapress |

GOAL.COM/REPRODUÇÃO
undefined

SÃO PAULO, SP - Já classificada para as oitavas, a Colômbia enfrenta nesta terça (23) o Japão (às 17h, na Arena Pantanal, em Cuiabá) precisando apenas de um empate para assegurar o primeiro lugar no grupo C.

A tranquilidade dos colombianos deverá abrir espaço para um momento histórico: a quebra do recorde do camaronês Roger Milla, que tinha 42 anos quando jogou sua última partida na Copa de 1994.

Aos 43 anos recém-completos, o goleiro reserva Farid Mondragón, do Deportivo Cali, vive a expectativa de se tornar o mais velho jogador a disputar uma partida em mundiais. No lado japonês, o cenário é o inverso. Com apenas um ponto, os japoneses não dependem apenas de si. Além de vencer, a equipe precisa torcer por uma combinação de resultados e saldos de gol na partida entre gregos e marfinenses.

JAPÃO Kawashima; Uchida, Yoshida, Konno e Nagatomo; Yamaguchi, Hasebe, Okazaki, Honda e Okubo; Osako. T.: Alberto Zaccheroni

COLÔMBIA Ospina (Mondragón); Zuñiga, Zapata, Yepes e Armero; Aguilar, Sanchez e J. Rodríguez; Cuadrado, Gutiérrez e Ibarbo. T.: Jose Pekerman

Estádio: Arena Pantanal, em Cuiabá Horário: 17h Árbitro: Pedro Proença (Portugal) Na TV: Band, Globo, ESPN Brasil, Fox Sports e SporTV

Leia tudo sobre: ColômbiaJapãoCopa do Mundo 2014Mondragón