Neymar vira o 6º maior artilheiro da história do Brasil

Atacante chegou a quatro gols e também se tornou o principal goleador desta edição da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Neymar foi o grande nome do Brasil na vitória desta segunda-feira
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Neymar foi o grande nome do Brasil na vitória desta segunda-feira

Com os dois gols feitos contra Camarões, Neymar já conseguiu entrar para o top 15 dos artilheiros do Brasil em Copas e passou a ser o sexto maior da história da seleção. De quebra, já passou a liderar sozinho a artilharia deste Mundial.

Apesar de ter passado em branco contra o México, na segunda rodada, o atacante do Barcelona havia feito outros dois na vitória sobre a Croácia por 3 a 1.

Com 4 gols, Neymar alcançou Chico e Sócrates, que jogou dez partidas em dois Mundiais (1982 e 1986). Chico atuou em quatro partidas em 1950.

Antes, com três gols, o ex-santista empatava em número de gols com outros 12 jogadores: Amarildo, Baltazar, César Sampaio, Didi, Dirceu, Falcão, Luis Fabiano, Peracio, Preguinho, Roberto Dinamite, Romeu e Tostão.

Logo à frente de Neymar, com cinco gols, na lista de artilheiros na Copa estão Garrincha, Romário e Zico. Os dois maiores da história brasileira são Ronaldo (15) e Pelé (12).

NA HISTÓRIA Na história da seleção, Neymar já se transformou no sexto maior artilheiro com 35 gols, deixando Rivaldo (34), para trás.

Pelé é o líder disparado da lista com 77 gols, seguido por Ronaldo (62), Romário (55), Zico (48) e Bebeto (39).

Antes de começar a Copa, o atacante estava em 11º na lista, com 31 gols, logo atrás de Tostão e Ademir Menezes (32 gols cada).

Leia tudo sobre: NeymarCopa do MundoartilheiroBrasilsextogolsseleção brasileira