Após polêmica sobre nome, Fifa faz homenagem a Garrincha em estádio

Entidade não queria que o nome Mané Garrincha permanecesse, pois não estaria de acordo com o estatuto da Federação

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Vipcomm
undefined

Depois da polêmica do nome do estádio de Brasília para a Copa do Mundo, a Fifa fez uma homenagem a Mané Garrincha, craque brasileiro protagonista dos dois primeiros títulos mundiais, em 1958 e 1962.

Vinte minutos antes de começar a partida entre Brasil e Camarões, nesta segunda-feira (23), imagens de jogadas de Garrincha nessas duas Copas apareceram no telão do estádio. O locutor também pediu que os torcedores aplaudissem "o grande campeão Mané Garrincha".

O estádio na capital federal foi reconstruído para a Copa. Inaugurado em 1974, ele inicialmente se chamava Governador Hélio Prates de Silveira, mas com a morte de Garrincha, em 1983, o governo do Distrito Federal optou pela mudança de nome como homenagem.

Logo que o estádio ficou pronto após a reconstrução, a Fifa passou a chamá-la de Estádio Nacional. Tirar o nome de Garrincha gerou polêmica em redes sociais, com as pessoas criticando.

A Fifa respondeu que o nome havia sido sugestão do governo do Distrito Federal, mas depois passou a adotar o nome de Estádio Nacional Mané Garrincha.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave