Vendedor de cachorro-quente coloca TV em carrinho nos jogos da Copa

Centenas de torcedores rodearam o ponto de vendas para assistir à partida entre Brasil e Camarões, comer sanduíches e beber cerveja

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Em qualquer estabelecimento que você vá, nos dias de jogo da seleção brasileira, haverá uma televisão exibindo o embate da equipe canarinho nesta Copa do Mundo. Seja bar ou restaurante, o povo mineiro não quer perder a chance de acompanhar as partidas e tomar umas bebidas, com um bom tira-gosto. Em meio a esta máxima, não chega a ser surreal ver um carrinho de cachorro-quente adotando esta política, seria? Claro que não!

A ideia simples do comerciante Deivid Soares Rodrigues, 23, tem efeito positivo sob dois aspectos principais. Além de aumentar a clientela e, logicamente, o lucro, ele consegue acompanhar a caminhada da seleção rumo ao hexacampeonato.

Nesta segunda-feira, centenas de pessoas rodeavam o carrinho de Deivid para assistir a partida entre Brasil e Camarões, próximo à praça da Savassi. Sob muita festa, muito trabalho ao comerciante de cachorro-quente e outros sanduíches.

“Estou há dois anos neste ramo. Mas meu ponto fixo é em frente à Igreja Batista, no Lagoinha. Estou aqui na Savassi na Copa. É um investimento mesmo colocar essa TV. Todo estabelecimento tem uma televisão, que serve de distração para os clientes. E, logicamente, acabo lucrando um pouco mais com isso”, destacou Deivid.

Além de engordar os bolsos, o comerciante ainda tem a chance de acompanhar um pouco das partidas. “Não dá pra ver o jogo todo. Fico mais é ouvindo a transmissão e vendo os melhores momentos”, disse ele, em meio a risos.

Leia tudo sobre: BrasilCamarõesSavassi