Defesa de Marcos Valério entra com pedido para usar dinheiro bloqueado

De acordo com a defesa, o empresário precisa do dinheiro da empresa para que conseguisse pagar os R$ 4,4 milhões que o Supremo cobra por sua participação no esquema do mensalão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os advogados do empresário Marcos Valério entraram com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para que o operador do mensalão possa usar dinheiro que está nas contas bancárias bloqueadas da empresa 2S Participações para pagar a multa imposta pela Corte na ação penal.

De acordo com a defesa, o empresário precisa do dinheiro para que conseguisse pagar os R$ 4,4 milhões que o Supremo cobra por sua participação no esquema do mensalão. As conta bancárias da empresa estão bloqueadas desde 2006.

Joaquim Barbosa, presidente do Supremo, afirmou que não há como autorizar a liberação do dinheiro, já que já foi comprovado que Valério conseguiu a fortuna utilizando-se de práticas criminosas.

Condenado a 37 anos e cinco meses de prisão, Marcos Valério está preso na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave