Primeiro da fila chega cedo para não perder nada de Camarões x Brasil

Trio de Brasília chegou com mais de cinco horas de antecedência ao estádio Mané Garrincha com a expectativa de verem uma vitória pelo placar de 3 a 0 para a seleção brasileira

iG Minas Gerais | FELIPE RIBEIRO E GUILHERME GUIMARÃES |

O senhor Marcus Vinícius estava acompanhando os garotos André e Rafael no primeiro lugar da fila do estádio
Webrepórter/Felipe Ribeiro
O senhor Marcus Vinícius estava acompanhando os garotos André e Rafael no primeiro lugar da fila do estádio

BRASÍLIA. O senhor Marcus Vinícius estava acompanhado dos garotos André e Rafael na pole position do estádio Mané Garrincha. Os três moram em Brasília e chegaram cedo, ainda antes do meio-dia para que fossem os primeiros a entrar, sem perder nenhum detalhe.

O duelo entre as seleções de Camarões e Brasil é o primeiro do trio vendo o time canarinho em ação na Copa do Mundo. Ansiosos, os três foram ao delírio quando o relógio marcou 14h06 e o voluntário os liberou para entrar no estádio da capital federal.

"Vai ser 3 a 0. Para compensar o fato de a gente ter chegado cedo e ficado em primeiro lugar na fila, eles podiam fazer pelo menos três gols na seleção de Camarões, garantindo o primeiro lugar no grupo", destacou Marcus Vinícius.

Logo na sequência, os outros milhares de torcedores foram entrando sem nenhum tipo de problema, apesar das filas enormes que foram formadas do lado de fora do Mané Garrincha.

Leia tudo sobre: COPA DO MUNDOMANÉ GARRINCHABRASÍLIA