Uberaba pode ser tema da Grande Rio no Carnaval do ano que vem

Cabe agora ao prefeito buscar R$ 10 mil em patrocínio para que isso aconteça; anúncio foi divulgado nesta segunda-feira após negociação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A cidade Uberaba, no Triângulo Mineiro, pode ser tema do enredo da Grande Rio, escola carnavalesca do grupo especial do Rio de Janeiro, para o Carnaval do ano que vem. O prefeito da cidade, Paulo Piau, confirmou a escolha em entrevista coletiva nesta segunda-feira (23). Segundo ele, o enredo será focado em três temas principais: Peirópolis, Zebu e Chico Xavier.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Uberaba, José Renato Gomes, em negociação com a agremiação da Grande Rio, lembrou que em 2014 a escola foi a mais citada nas redes sociais do mundo todo, totalizando 146 milhões de impressões, em um alcance de 27 milhões de pessoas.

Para ser tema do enredo, falta à prefeitura um patrocínio. De acordo com o prefeito e o secretário, Uberaba terá que buscar em patrocínio, o valor estimado de R$ 10 milhões. Empresas como a Vale, Nestlé, AmBev, Grupo Libra, Kaisnski, entre outras, já foram patrocinadoras da Grande Rio. “A bola agora está com a gente. Eles já se posicionaram. Teremos algumas semanas para dar o retorno, positivo ou negativo. A partir desta segunda já temos reuniões em busca dos patrocinadores. Claro que também teremos que fazer algumas escolhas. Investimos no carnaval da cidade, mas temos a opção de levar 200 integrantes das escolas de Uberaba para participarem do desfile no Rio, o que já seria um grande aprendizado. E o que investimos aqui, podemos direcionar para este evento, mas tudo tem que ser estudado com cuidado. Mas, com certeza, é uma divulgação sem precedentes para a cidade”, avaliou Piau.

No cronograma da Grande Rio, em junho é entregue a sinopse para os compositores, sendo julho a produção de protótipos, criação dos desenhos das plantas baixas das alegorias, e agosto é o início da construção das estruturas dos carros alegóricos. Setembro é a disputa do samba enredo, construção de alegorias e outubro acontece a definição do samba enredo e efeitos especiais. Já em novembro e dezembro, começam os ensaios e processos de reprodução e confecção de fantasias e alegorias. De janeiro a fevereiro são os ajustes finais, distribuição de fantasias e o ensaio técnico na Marquês de Sapucaí.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave