Definições

iG Minas Gerais |

Será uma grande surpresa se o Brasil não for o primeiro do grupo. Se a Seleção vencer, só perderá o primeiro lugar se o México golear a Croácia. México e Croácia devem fazer uma partida equilibrada. Há ainda um raríssimo risco de tragédia, de o Brasil ser eliminado. Teria de perder para Camarões, e a Croácia empatar com o México. Chile e Holanda farão um jogaço para definir quem será o primeiro do Grupo B e quem será o adversário do Brasil nas oitavas. Não há favorito. Pode prevalecer a garra sul-americana. No Grupo C, há uma grande indefinição sobre quem será o segundo, atrás da Colômbia. A Grécia, teoricamente, o time mais fraco no início da competição, tem chances de se classificar. Basta vencer a Costa do Marfim. As chances do Japão são pequenas. No Grupo D, a Costa Rica, a grande surpresa, tem grande chance de ser a primeira, se vencer a desclassificada Inglaterra, o que é provável. Basta empatar. A Itália joga pelo empate, contra o Uruguai. Será que os uruguaios vão, novamente, se superar e ter uma atuação heroica? No Grupo E, a França confirmou sua força. É um time organizado, forte fisicamente e com vários excelentes jogadores. A França pode ocupar o lugar da Espanha, entre os favoritos, na frente da Holanda. A Suíça, apesar da goleada sofrida para a França, tem muito mais chances do que o Equador de ser a segunda colocada. No Grupo F, a Bósnia for bastante prejudicada pela arbitragem. Teve anulado um gol legítimo, e o jogador nigeriano cometeu falta antes de dar o passe para fazer o gol. As chances da Nigéria são agora maiores para se classificar ao lado da Argentina. No forte Grupo G, a Alemanha corre riscos. Escrevi a coluna antes do jogo de ontem, entre Estados Unidos e Portugal. No Grupo H, a Bélgica confirmou que tem uma boa seleção e que pode ir mais longe. A Rússia é uma decepção. Se se classificar, será porque o grupo é muito fraco. Há ainda várias indefinições.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave