Salas de aula estão cada vez mais cheias

iG Minas Gerais | Queila Ariadne |

Apesar da escassez de mão de obra, as salas de aula dos cursos de capacitação para garçons estão cada vez mais cheias. “A demanda por capacitação está crescente, o problema não é falta de interesse dos alunos, mas sim a realidade do setor, que tem um turnover muito alto porque as pessoas buscam salários melhores e querem trocar de emprego”, explica o coordenador administrativo educacional do Senac da área de gastronomia, Izaias José Sobrinho.  

De janeiro do ano passado até junho deste ano, o Senac de Belo Horizonte abriu 29 turmas para garçons. Sobrinho afirma que a demanda por cursos está crescente. “Foram cerca de 405 alunos matriculados, que dá uma média de 14 alunos por turma. É uma procura grande, mas insuficiente para suprir as necessidades do mercado de serviços de alimentação, que cresce muito”, avalia.

Os cursos para garçons são gratuitos, dentro do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e do Programa Senac de Gratuidade (PSG). A duração média é de um mês e meio a dois meses, com uma carga horária de oito horas por dia. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave