Senador se ressentiu de anúncio do partido

iG Minas Gerais |

Brasília. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) não participou da convenção nacional de seu partido ontem em Brasília. Ele explicou que estava no Amapá cuidando de assuntos regionais. Apesar de afirmar não guardar nenhuma mágoa do partido por não ter conseguido viabilizar a sua candidatura à Presidência, Randolfe criticou a forma como a sigla anunciou a sua desistência.  

A cúpula do PSOL divulgou uma nota na sexta-feira informando sobra a saída do senador da disputa. No entanto, segundo Randolfe, havia um acordo para que o anúncio fosse feito por ele em uma carta na semana seguinte. “O modus operandi do partido não foi muito educado. Achei que faltou elegância”, disse. “Minha candidatura não unificou a esquerda e não barrou a ofensiva conservadora. Por isso decidi sair”, justificou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave