Felipão se irrita ao ser questionado sobre rival preferido nas oitavas

Comandante da seleção brasileira responde que gostaria de enfrentar a Espanha, que já eliminada e resultaria em WO se entrasse em campo na próxima fase da competição mundial

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro e Guilherme Guimarães |

BRASÍLIA. Bastou a primeira pergunta para o técnico Luiz Felipe Scolari sair do sério na entrevista coletiva concedida no estádio Mané Garrincha, na véspera do confronto decisivo com Camarões. Um repórter chileno questionou o treinador sobre o adversário de preferência nas oitavas de final se pudesse escolher. Chile ou Espanha (já eliminada), Felipão?

"Eu prefiro a Espanha, que já não está mais classificada. Seria WO. Temos que pensar em ganhar amanhã, em classificar. Algumas pessoas dizem que vamos escolher adversários. Ou são burras ou mal intencionadas. Não temos que escolher ninguém. Tenho que jogar e ganhar", esbravejou o comandante do time pentacampeão mundial.

O treinador mostrou até mesmo preocupação com esse possível clima de "já ganhou" passado por alguns jornalistas e torcedores. O receio é que a seleção de Camarões fique mordida com a situação e tenha motivação ainda maior nesta segunda-feira.

"As equipes mostram que não há facilidade e eu respeito Camarões. Quando dizem que Brasil pode escolher adversário das oitavas, eles (camaroneses) pensam que há um desprezo a Camarões. Camarões perdeu dois jogos em que foi bem", disse Felipão.