Papa Francisco condena a tortura durante festividade do Corpus Christi

Pontífice condenou prática como um grave pecado e lembrou da proximidade com o Dia Internacional da ONU de apoio às vítimas

iG Minas Gerais | Da redação |

undefined

O papa Francisco chamou os cristãos neste domingo, 22, durante festividade do Corpus Christi, a trabalharem juntos para abolir qualquer forma de tortura, condenando a prática como um grave pecado. O papa lembrou ainda que na próxima quinta-feira é o Dia Internacional da ONU de apoio às vítimas. O papa falou ao público da Praça de São Pedro que ele "condena firmemente qualquer tipo de tortura" e que reúne esforços para trabalhar para o fim da prática, além de dar suporte às vítimas e suas famílias.

Com agências

Leia tudo sobre: PapaFranciscotortura