Tensão entre brasileiros e argentinos preocupa organização da Copa

Organização do Mundial ainda pediu que os torcedores das duas seleções deixem a animosidade de lado

iG Minas Gerais | Folha Press |

Com bandeira de Baradero, cidade da Argentina, torcedores se preparam para embarcar rumo ao Mineirão
DENILTON DIAS
Com bandeira de Baradero, cidade da Argentina, torcedores se preparam para embarcar rumo ao Mineirão

O COL (Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014) registrou neste domingo (22) preocupação com o crescimento da tensão entre brasileiros e argentinos, mas disse estar tomando medidas para conter possíveis confrontos.

A organização do Mundial ainda pediu que os torcedores das duas seleções deixem a animosidade de lado e mantenham a rivalidade só dentro de campo.

"Todo mundo vê o que está acontecendo. O mundo todo tem essas rivalidade. Mas, na história das Copas, isso sempre foi levado de uma maneira pacífica. Não há espaço para esse tipo de comportamento", disse o diretor de comunicação do COL, Saint-Clair Milesi.

"Estamos discutindo ações para que essa tensão não aumente. Não podem acontecer incidentes para exacerbar esse espírito de rivalidade", completou.

Brasileiros e argentinos já entraram em conflito nas duas partidas da seleção de Messi na Copa.

Na estreia contra Bósnia, domingo passado, no Rio, as duas torcidas se ofenderam bastante dentro do estádio e houve algumas brigas localizadas, dentro e fora do estádio. O cenário foi pior na madrugada de sábado, antes da partida contra o Irã, em Belo Horizonte.

A confusão começou por volta das 2h, quando os brasileiros começaram a gritar "Irã! Irã!", adversário da Argentina na partida da Copa do Mundo na capital mineira. A briga logo degringolou para chuva de garrafas entre as duas torcidas.

Um torcedor brasileiro foi detido após arremessar uma garrafa contra a tropa da PM.

Leia tudo sobre: tensãobrasileirosargentinosFifaorganização