Técnico de Camarões aposta em surpresa na despedida do Mundial

Mesmo tendo feito uma campanha conturbada, os camaroneses veem este confronto como o jogo da redenção

iG Minas Gerais | Folha PRess |

A seleção de Camarões se despede da Copa do Mundo nesta segunda-feira (23) quando enfrenta o Brasil, às 17h, em Brasília, pela última rodada do Grupo A do Mundial.

Mesmo tendo feito uma campanha conturbada durante a competição, sem ter marcado nenhum gol e já chegando a última rodada sem chances de classificação, os camaroneses estão vendo este confronto contra o Brasil como o jogo da redenção.

Mesmo confirmando que o Brasil é uma das seleções favoritas ao título, o técnico de Camarões, o alemão Volker Finke, confirmou que sua equipe vai entrar em campo tentando surpreender, ao menos para deixar uma melhor impressão para seus torcedores no jogo de despedida.

"Terminar a Copa do Mundo jogando contra o Brasil, no Brasil, já serve de motivação para todos os jogadores. No entanto, apesar de serem um dos quatro favoritos ao título, a seleção brasileira ainda não está classificada e precisa ao menos empatar para seguir na competição. E essa pressão pela necessidade de um resultado, mesmo que seja mínima, pode ser benéfica para nós", confirmou Finke.

E não é só no espírito que a equipe camaronesa parece estar diferente dos dois jogos anteriores. O time, que vai contar com pelo menos três mudanças, também será diferente daquele que enfrentou a Croácia. Mas a grande surpresa pode ficar por conta da volta de Eto'o.

Mesmo não tendo treinado nos últimos dias, por conta de uma lesão no joelho direito, a expectativa é que o jogador de 33 anos possa ser escalado naquele que deve ser seu último jogo por Camarões.

Leia tudo sobre: Camarõesseleção brasileiraBrasilsurpresaBrasília