Técnico cumpre promessa e Camarões terá novidades contra o Brasil

Seleção africana deve ter pelo menos quatro alterações entre os titulares, além da expectativa de Eto'o ter condições de jogo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A Seleção de Camarões realizou na tarde deste sábado (21) o seu último treino em solo capixaba antes de embarcar para Brasília, onde enfrenta o Brasil na próxima segunda-feira (23), às 17h, no Estádio Nacional. E pelo que foi possível observar durante o treino, o técnico da equipe, o alemão Volker Finke, vai mesmo cumprir o que prometeu em sua última entrevista: os Leões Indomáveis entrarão em campo com um time diferente daquele que foi goleado por 4 a 0 pela Croácia. Durante o coletivo, que contou com apenas dez jogadores de cada lado, foi possível observar várias mudanças em relação ao time do último jogo. A mais significativa delas aconteceu na lateral esquerda, onde Bédimo substituiu Ekotto, jogador que ficou marcado por agredir o companheiro Moukandjo com uma cabeçada no duelo contra os croatas. Como ninguém da delegação falou com imprensa após o treino, não é possível afirmar se a saída do jogador do time titular tem relação com a agressão ocorrida no último jogo. Finke promoveu ainda mais duas alterações no setor defensivo da equipe. A primeira aconteceu na lateral direita, onde Nyom foi escalado no lugar de Mbia. A outra mudança ocorreu com a improvisação de Matip, volante de origem, que deve atuar na zaga contra o Brasil. No meio, Nguémo, que ainda não tinha recebido nenhuma oportunidade, será o substituto de Alex Song, suspenso, e fará sua estreia no Mundial. Já o ataque da equipe não sofreu alterações e, caso Eto'o não tenha condições de jogo, deve ser formado novamente por Choupo-Moting, Moukandjo e Aboubakar. Desta forma, os dez jogadores que treinaram entre os titulares e provavelmente enfrentam o Brasil são: Itandje; Nyom, Matip, Nkoulou, Bédimo; Enoh, Nguémo; Choupo-Moting, Moukandjo e Aboubakar. A vaga que resta deve ficar com Mbia, que treinou em separado, mas deve ser escalado no meio-campo. A única mudança inesperada na equipe pode ficar por conta da volta do atacante Samuel Eto'o. Apesar de não ter treinado com o time em nenhum momento após a derrota para o México, na estreia da Copa, o jogador que sente uma lesão no joelho direito, vem se esforçando em treinos individuais e pode ser a surpresa camaronesa para o duelo. A delegação de Camarões embarca na manhã deste domingo (22), às 10h30, para a capital federal. Na parte da tarde, já em Brasília, a equipe deve fazer seu último treino antes de encarar o Brasil, na segunda (23).

Leia tudo sobre: seleção camaronesacamaroesbrasilCopa do Mundofutebol