Treino para disputa ao Planalto

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Entre os pré-candidatos ao Palácio do Planalto, a preparação não é diferente. Em uma disputa nacional, o desgaste físico pode ser ainda mais intenso. Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) também revelam uma rotina – se não de atletas, de malabaristas – que terão o desafio de manter em meio a tantos compromissos.  

O tucano vai ao menos três vezes por semana à academia, em Brasília. Quando está no Rio de Janeiro, onde mora, gosta de caminhar na orla da praia. “Ele gosta de manter uma alimentação equilibrada e não abre mão dos exercícios”, afirma uma fonte próxima a Aécio.

Mais que uma questão de saúde, os presidenciáveis se preocupam com a imagem e, por isso, não abrem mão dos exercícios físicos e do controle à mesa.

Eduardo Campos é adepto da corrida. Recentemente, se mudou para São Paulo e deixou para trás a esteira que tinha em casa, em Recife. Mas ele conta que já está providenciando um aparelho para a nova casa, em Moema. O apartamento fica próximo ao parque Ibirapuera, onde, aos sábados e domingos, corre ao menos dez quilômetros, cerca de uma hora. “Quando viajo, tento ir à academia do hotel e me preocupo com a alimentação”. Na última semana, o pernambucano visitou o Rio e correu por uma hora no calçadão.

É nos jardins do Palácio da Alvorada que Dilma tenta, diariamente, se exercitar. Para isso, gosta de acordar cedo e tentar conciliar a agenda de presidente com as caminhadas. A petista já afirmou que a dieta equilibrada é um eterno desafio. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave