Sem qualquer glamour

No ar em “Geração Brasil”, atual trama das sete da Globo, Jéssica Ellen adota um olhar sério sobre a carreira artística

iG Minas Gerais | belisa taam |

Preparação. Jéssica conta que teve que aprender muito sobre tecnologia para viver Alice na trama
CZN
Preparação. Jéssica conta que teve que aprender muito sobre tecnologia para viver Alice na trama

As feições delicadas de Jéssica Ellen se mesclam com sua atitude madura de enxergar a profissão. Hoje, aos 21 anos e em seu segundo trabalho na TV, a intérprete da estudante Alice de “Geração Brasil” prefere se distanciar de qualquer tipo de vaidade que gira em torno do meio artístico. “Muitas pessoas acham que só ter talento basta para construir uma boa carreira. Prefiro me basear nos estudos. Até porque é isso que nos deixa mais sensíveis e ativos aos próximos desafios”, filosofa ela, que estreou na teledramaturgia em “Malhação”, como Rita, na temporada de 2012. “É uma grande escola para quem está iniciando. Tive muita dificuldade no começo, mas a equipe tem paciência para ensinar toda a grandiosidade do audiovisual”, recorda.

Com uma abordagem interativa, a trama de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira tem como tema central a tecnologia. Na história, Alice é uma jovem extremamente dedicada ao trabalho na empresa Marra, liderada por Jonas, protagonista de Murilo Benício. “Alice é bem empenhada em tudo que faz. Ela se insere no mundo nerd”, avalia. Nas sequências, a personagem tem um romance com Matias, interpretado por Danilo Ferreira. Para Jéssica, o entrosamento com os colegas de cena se reflete na boa fluidez diante das câmeras. “Eu e Danilo nos conhecemos em ‘Malhação’ e é importante essa sintonia presente nas cenas”.

Sem ser adepta das inovações do mercado de computação, a atriz confessa que precisou se inserir em uma realidade distante da sua no processo de composição para o papel. “Nem segurava o mouse direito quando comecei a ter aulas de informática no colégio”, confessa, aos risos.

“Muitas pessoas acham que só ter talento basta para construir uma boa carreira. Prefiro me basear nos estudos”

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave