Homem é preso com tatu defumado e congelado dentro de mochila

Espécie está sob ameça de extinção; suspeito foi detido na garupa de mototáxi, em Betim

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Divulgação
undefined

Um passageiro de mototáxi foi detido com um animal da fauna silvestre já abatido, na estrada de Serra Negra, zona Rural de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Conforme a Polícia Militar de Meio Ambiente, o suspeito trazia o tatu dentro de uma mochila. Mais conhecido como "tatu do rabo mole" e listado como um dos animais ameaçados de extinção, ele também foi escolhido como mascote da Copa do Mundo 2014. O animal estava defumado e congelado, possuindo apenas a parte da pata traseira e o rabo.

Segundo o suspeito, ele ganhou o tatu de outra pessoa e iria comê-lo.                        Ainda de acordo com a PM, o homem pode ser indiciado por crime ambiental, com pena de prisão de seis meses a um ano mais multa. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Polícia Judiciária de Betim.       

Leia tudo sobre: crime ambientalCopa do MundoBetimtatuFULECOPM