Mulher é morta com um ito na cabeça na linha férrea

Populares disseram a Polícia Militar que o ex-companheiro da vítima seria o autor do homicídio; crise será investigado

iG Minas Gerais | Lisley Alvarenga |

Corpo de Izabelle Caroline foi achado na manhã de ontem, com um tiro na cabeça
João Lêus
Corpo de Izabelle Caroline foi achado na manhã de ontem, com um tiro na cabeça

Uma mulher de 19 anos foi assassinada com um tiro na cabeça no início da manhã de ontem, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O corpo dela foi encontrado pela Polícia Militar, após denúncias anônimas, e estava sobre um trecho dos trilhos da linha férrea que corta a cidade, na altura do bairro Decamão.

Segundo a assessoria da PM, quando os militares chegaram ao local, Izabelle Caroline de Oliveira já estava morta. “O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também esteve na cena do crime, mas a médica que prestou atendimento somente retirou o corpo da vítima, que estava sobre a linha de trem”, explicou a assessoria da PM.

Ainda conforme a polícia, um senhor, identificado como o patrão de Izabelle, esteve no local e reconheceu a vítima. “Ele informou que ela trabalhava há cerca de seis meses em uma padaria, no bairro Santa Inês”, informaram.

Populares, que não quiserem se identificar por medo de retaliações, contaram a polícia que o autor do homicídio seria um ex-companheiro da vítima. “Eles revelaram aos policiais que esse homem é conhecido na região e que ele vive no bairro Jardim Brasília, em Betim. Ao que tudo indica, ele já havia ameaçado a vítima de morte anteriormente”, relataram os policias que atenderam a ocorrência.

O chefe de Izabelle, que pediu anonimato, contou que ela esteve na padaria, por volta das 6h40, porém, foi embora, pois confundiu o dia de serviço. “Ela havia trocado um plantão com um colega de serviço, mas esqueceu, e foi embora. A única coisa que sei, é que ela tinha um companheiro e que havia terminado há pouco tempo”, revelou ele.

Esse foi o oitavo homicídio registrado em junho em Betim.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave