Cerca de 30 pessoas invadem o treino da seleção brasileira

Uma menina conseguiu abraçar Willian antes de ser retirada por membro da CBF

iG Minas Gerais | FOLHA PRESS |

Neymar reúne os companheiros e fotografa o garoto
douglas magno
Neymar reúne os companheiros e fotografa o garoto
Ao menos 30 pessoas, a maioria crianças, invadiram o centro de treinamento da seleção brasileira para tentar se aproximar dos jogadores que treinavam na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Poucos conseguiram chegar a eles porque foram contidos por seguranças. Uma menina conseguiu abraçar Willian antes de ser retirada por membro da CBF. Não foi a primeira invasão do CT. Porém, das outras vezes eram apenas um ou dois garotos que conseguiram passar pelos seguranças. A atividade foi acompanha por várias pessoas que se espremeram em uma grade que separa o CT de um condomínio -antes de a Copa começar, a CBF cogitou colocar um tapume para separar seu CT da rua lateral, mas a administração do condomínio proibiu. Os torcedores que invadiram o gramado ficaram cerca de cinco minutos correndo pelo campo 2 da Granja Comary, enquanto alguns jogadores treinavam cobranças de falta no campo 1. Metade do time já havia subido de volta para os alojamentos. Aos poucos os seguranças acompanharam as pessoas de volta à rua lateral do condomínio. Após a invasão, dois carros de polícia entraram no CT e se posicionaram ao lado do campo 1, onde Willian, Neymar e Oscar treinavam cobranças de faltas. Como sempre, o camisa 10 foi o último a deixar o campo. A delegação da seleção brasileira viaja ainda neste sábado (21) para Brasília, onde na segunda-feira (23) enfrenta Camarões, às 17h, no último jogo da primeira fase do Mundial.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave