Divergências ideológicas e indecisão marcam convenção do PSB

Rumos terão que ser definidos até o dia 29, data da convenção nacional

iG Minas Gerais | Flávia Carneiro |

A decisão sobre os rumos que o Partido Socialista Brasileiro (PSB) vai tomar em Minas será decidido à portas fechadas, pela cúpula do partido. Uma comissão, formada por integrantes da executiva estadual e por outros membros, definirá a possibilidade do lançamento de candidatura própria do PSB ao Palácio Tiradentes ou o apoio do partido ao PSDB.

A convenção estadual do PSB, realizada neste sábado (21), em Belo Horizonte, foi marcada por divergências ideológicas, principalmente pelos integrantes da Rede Sustentabilidade, que há meses tentavam emplacar o nome do ambientalista Apolo Heringer, como candidato do PSB ao Palácio Tiradentes, o que não aconteceu. Apolo Heringer ficou revoltado com o resultado da convenção, garantiu que irá se desfiliar do PSB e que a Rede Sustentabilidade não vai apoiar os socialistas em Minas.

A executiva estadual tem que decidir os rumos do PSB até o próximo domingo, dia 29 de junho, data da convenção nacional, que irá referendar os nomes de Eduardo Campos e Marina Silva para disputar a Presidência da República.

Leia tudo sobre: Belo HorizontePSBconvenção