Goleira da seleção americana é detida após suposta agressão em festa

Hope Solo foi presa após discussão e briga familiar em sua casa

iG Minas Gerais |

Fifa/Divulgação
undefined
A goleira da seleção feminina dos Estados, Hope Solo, que é conhecida também por sua beleza, foi detida neste sábado (21), após ser acusada de um ato de violência doméstica. Segundo o jornal americano "The Seattle Times", alguns agentes da polícia foram chamados à casa da jogadora, que teria agredido sua irmã e um sobrinho durante uma festa na residência em que divide com o seu marido, o ex-jogador de futebol americano Jerramy Stevens. Ela não terá direito à fiança. "Ambos tinham lesões visíveis", disse o tenente Mike Murray, referindo-se à sobrinha e à irmã da goleira. Em 2012, Hope Solo acusou Jerramy Stevens, que ainda era seu namorado, de tê-la agredido fisicamente. Ele, no entanto, foi liberado por insuficiência de provas e não chegou a ser fichado. Hope Solo, 32, defende o Seattle Reign e tem 100 jogos pela seleção feminina dos Estados Unidos. Pelo seu país, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, após a vitória por 1 a 0 sobre o Brasil, na prorrogação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave