Bruno foi transferido para Francisco Sá e ficará em cela individual

Após pedido de transferência, alegando que a mulher do goleiro morava em Montes Claros, Bruno foi transferido nesta sexta-feira (21)

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Polícia Civil acredita que jogador do Flamengo e ex-arqueiro do Galo teria matado amante em Esmeraldas
REJANE ARAÚJO - 31.8.2006
Polícia Civil acredita que jogador do Flamengo e ex-arqueiro do Galo teria matado amante em Esmeraldas

O goleiro Bruno Fernandes de Souza, que foi condenado em março do ano passado a 22 anos e três meses de prisão em regime fechado pela morte de Eliza Samudio, foi transferido nesta sexta-feira (20) do Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, onde estava desde julho de 2010, para a Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no Norte do Estado.

Segundo as informações da Subsecretaria de Administração Prisional (SUAPI), o goleiro deu entrada na unidade prisional por volta das 13h horas e foi escoltado, desde Belo Horizonte, por agentes do Comando de Operações Especiais (Cope) do Sistema Prisional. A transferência aconteceu de forma sigilosa, sendo que nem mesmo os advogados do preso sabiam da transição. "Era uma operação completamente sigilosa, até mesmo por se tratar do Bruno", disse o advogado Francisco Simim. 

Assim que chegou à unidade, o ex-jogador fez o seu cadastro na unidade e passou por um primeiro atendimento médico, jurídico e psicológico. A finalização do cadastro e demais procedimentos operacionais só terminou na manhã deste sábado (21). Ainda conforme a nota, enviada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), Bruno cumprirá a pena em uma cela individual, uma vez que todas as celas da cidade tem esse padrão.

Cada cela mede seis metros quadrados, possui uma cama de alvenaria, um colchão, um vaso sanitário, pia com torneira e chuveiro. Ainda conforme a nota, todos os presos recebem alimentação balanceada com acompanhamento por nutricionistas, sendo que o café da manhã é servido às 7h, o almoço às 11h, o café da tarde às 14h e o jantar às 17h. Por estar localizado na zona rural da cidade, a cerca de 55 quilômetros de Montes Claros, a penitenciária não tem sinal de telefone e nem de televisão. Com isso, Bruno não terá direito ao aparelho de TV que foi levado por familiares ao Complexo Penitenciário de Contagem. Agora, os seus familiares só poderão levar um aparelho de rádio, de dimensões máximas de 15cm x 25 cm.

Assim que a transferência foi publicada, o advogado de defesa Tiago Lenoir afirmou que assim que saísse a transferência um novo pedido seria feito ao juiz da região. “Ainda não tive acesso à decisão, mas quando o Bruno for transferido para Francisco Sá, o juiz de Contagem deixará de ser o competente para essa decisão. E o juiz de lá vai receber outro pedido nosso”, afirmou o advogado Tiago Lenoir.

Na época, há 11 dias, o defensor do goleiro chegou a dizer que achava estranho a decisão ser publicada somente agora. "Esse pedido foi feito há muito tempo, logo quando o Bruno assinou contrato com o time. A gente fica chateado, porque não precisa disso. O Bruno está pleiteando nada mais que o trabalho. E ele não é um bandido perigoso, que não possa exercer seu trabalho”, finalizou o advogado. 

Visitas O goleiro Bruno poderá receber as primeiras visitas assim que os interessados passarem pelo procedimento de cadastro na unidade prisional. Caso o procedimento seja finalizado ao longo desta semana, ele terá visitas sociais no próximo final de semana. A transferência foi autorizada pela subsecretaria, que atendeu ao pedido dos advogados do preso, após avaliar questões de segurança e obter a validação também da Justiça. Os advogados pediram para que o ex-goleiro cumprisse a pena mais próximo da esposa, que atualmente reside em Montes Claros. Entretanto, a unidade prisional de Montes Claros é um presídio e, via de regra, não deve receber presos condenados. Por este motivo o detento Bruno Fernandes será encaminhado para a Penitenciária de Francisco Sá. A Penitenciária possui capacidade para 300 detentos presos e atualmente abriga 323.