Caixa eletrônico é o desafio

iG Minas Gerais |

Sem documentos. O iraniano Reza Taleghani não sabia se conseguiria dinheiro sem passaporte
PEDRO GONTIJO / O TEMPO
Sem documentos. O iraniano Reza Taleghani não sabia se conseguiria dinheiro sem passaporte

Os caixas eletrônicos podem ser um desafio para os estrangeiros que visitam o Brasil. O chileno Osciel Gusman teve dificuldades para sacar dinheiro em um terminal 24 Horas, no centro de Belo Horizonte. “Acabei de usar um cartão que tem um chip que me autorizaria a fazer operação, mas a máquina não o reconhece”, lamenta. O norte-americano Marshall Leaman também enfrentou problemas. “Já usei vários caixas eletrônicos aqui na Savassi, mas nenhum aceita o meu cartão. Quero muito gastar, só não consigo pegar o meu dinheiro”, disse.

De acordo com o site TripAdvisor, especialista em dicas para viajantes, poucos turistas sabem que devem avisar suas agências que vão viajar. Assim, fica mais fácil efetuar a liberação dos cartões. Os estrangeiros ainda devem ficar atentos sobre as bandeiras aceitas pelos terminais. O desavisado pode acabar bloqueando o cartão.

Os bancos internacionais, como HSBC e Citibank, são os mais indicados. Além de atender em três idiomas, eles são flexíveis quanto às operadoras. Se o turista for correntista de alguma dessas instituições, ele pode desbloquear o cartão via telefone, internet ou no próprio banco. O Santander chegou a lançar em março o cartão Débito Global Select, que permite retirar dinheiro sem pagar taxas extras.

A reportagem não encontrou representantes da TecBan, responsável pelos caixas 24 horas, para falar sobre o caso. (TP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave