Aécio anuncia coordenadores

Pré-candidato tucano à Presidência divulga nomes dos responsáveis por seis áreas de atuação

iG Minas Gerais | Raquel Gondim |

Eleitos. Ao lado de Anastasia, Aécio anuncia coordenadores de segurança, educação, cultura, meio ambiente, políticas sociais e juventude
George Gianni / PSDB
Eleitos. Ao lado de Anastasia, Aécio anuncia coordenadores de segurança, educação, cultura, meio ambiente, políticas sociais e juventude

O pré-candidato tucano à Presidência, Aécio Neves, anunciou ontem, no Rio, seis nomes de coordenadores que irão atuar na confecção do seu programa de governo, que promete ter como uma das prioridades um aprimoramento da segurança pública.

Aécio citou os pilares do que pretende que seja sua gestão, caso vença a disputa: descentralização, eficiência, simplicidade, confiança, transparência e inovação. Segundo o tucano, isso “é tudo que está faltando ao Brasil hoje”.

O senador escolheu o poeta Afonso Romano de Sant’Anna para a área de Cultura. Para “políticas sociais”, a eleita foi a doutora em serviço social Maria do Carmo Brant. O responsável pela segurança pública será o ex-chefe do Centro de Estudos de Criminalidade da UFMG Cláudio Beato. Já a ex-secretária da gestão José Serra, em São Paulo, Maria Helena de Castro, foi escolhida para comandar o setor de educação, enquanto o coordenador do grupo AfroReggae, José Júnior, ficará com a área Juventude. Por fim, o ex-presidente do SOS Mata Atlântica Fábio Feldman ficará responsável pelo meio ambiente e sustentabilidade.

De acordo com Aécio, outros nomes em áreas como saúde e infraestrutura serão apresentados em breve e as principais diretrizes do programa serão divulgadas no início de julho. Aécio insistiu no lema da “mudança corajosa e segura que o Brasil espera”, rejeitando especulações sobre retrocesso, por exemplo, nos programas sociais.

Segurança. Segundo o ex-chefe do Centro de Estudos de Criminalidade da UFMG e escolhido para coordenar a área de segurança pública, Claudio Beato, o tema será uma das prioridades de Aécio, se eleito. “Melhorar a segurança é uma das principais metas do senador, assim como ocorreu em Minas quando ele foi governador. Esse é um tema em que o governo federal não fez nada nos últimos anos”, disse.

De acordo com Beato, a meta de Aécio é que o governo federal passe a assumir o protagonismo da área, sem deixar responsabilidade a cargo somente dos governadores, como ele afirma ocorrer atualmente.

Já a responsável pelas políticas públicas disse que a redução total da pobreza deve ser perseguida e prometeu continuidade e aprimoramento do Bolsa Família. “É um programa exitoso, foi aperfeiçoado nos governos Lula e Dilma, e não vamos jogar isso no lixo”, disse Maria do Carmo Brant. (Com agências)

Participação

Sugestões. Aécio anunciou que abrirá o portal do PSDB para receber propostas da sociedade. Segundo Cláudio Beato, as sugestões também serão coletadas em viagens pelo Brasil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave