Receita por meio do corpo

Com coreografia de Henrique Rodovalho, Rui Moreira apresenta espetáculo que se inspira numa receita de bolo

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

Dedicação. O bailarino e coreógrafo Rui Moreira se dedica à pesquisa e criação desde 1979
RUA MOREIRA CIA DE DANÇAS DIVUL
Dedicação. O bailarino e coreógrafo Rui Moreira se dedica à pesquisa e criação desde 1979

A dança encontra a gastronomia no espetáculo “Receita”, atração de hoje no Palco na Arte, na programação do projeto Arte Solo, na praça da Liberdade. “É um espetáculo que venho apresentando desde o ano de 2001. Explicitamos nesta criação os ingredientes e os momentos de uma criação coreográfica contemporânea fazendo uma analogia com uma ação cotidiana como a de cozinhar. De maneira bem-humorada eu repito uma variação aleatória de movimentos e em uma destas vezes, faço isso embalado pela narração do modo de fazer uma guloseima, um bolo”, revela Rui Moreira, único intérprete em cena.

O espetáculo une o procedimento culinário à arte da dança, compondo uma bem-humorada coreografia que nasceu da parceria entre Henrique Rodovalho e Rui Moreira. Rodovalho criou a coreografia solo especialmente para Moreira, que, por meio da sua expressividade corporal, descreve a receita de um bolo xadrez. De forma metafórica, é a receita de uma coreografia, com ingredientes como o espaço, o tempo, o corpo, o som e os efeitos plásticos. Rodovalho também foi responsável pela concepção da luz, do figurino e do cenário. A música é de Ritchie Hawtin.

A inspiração gastronômica do espetáculo, no entanto, não veio logo nos primeiros encontros entre os dois artistas. “Depois de trabalhar exaustivamente em uma sequencia de movimentos abstratos, observamos (Henrique e eu), a semelhança com a forma clássica de descrever um procedimento culinário em livros de receita. O tão conhecido ‘modo de fazer’. Passamos em uma banca de jornais e revistas, adquirimos um exemplar de um almanaque de receitas e escolhemos algo que mais se assemelhasse à subjetividade dos movimentos propostos. A receita escolhida foi a de um bolo xadrez. Ele leu enquanto eu dançava a sequência, nos divertimos, e a partir daí a coreografia foi batizada de ‘Receita’”, relembra o artista.

O fato de enfrentar o público numa praça, espaço pouco característico da dança, não intimida Moreira. “Já apresentei esse espetáculo em diversas situações e para públicos muito diversos. É sempre muito bem recebido. Observo que a duração da coreografia (30 minutos) e a relação despojada estabelecida entre mim e a plateia garante o sucesso deste espetáculo. No primeiro momento o público se sente um pouco incomodado pela subjetividade dos movimentos, mas em seguida após algumas perguntas que faço ao público, eu o convido a seguir a coreografia com um olhar mais direcionado, e aí a entrega da plateia é total. É muito prazeroso apresentar esse trabalho”

Com um estrada repleta de êxitos na dança, Rui Moreira – que se dedica a essa arte desde 1979 – se arrisca pela primeira vez num trabalho solo. “Na verdade é o único espetáculo solo de minha carreira e tenho o orgulho de dizer que foi coreografado e dirigido por Henrique Rodovalho, coreógrafo residente da companhia Quasar de Goiânia e um dos mais significativos coreógrafos do Brasil, com alguma colaboração minha na condição de intérprete criador”, ressalta o bailarino.

Agenda

O quê. “Receita”, de Rui Moreira

Quando. Hoje, às 16h

Onde. Palco Arte, na Praça da Liberdade.

Quanto. Gratuito

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave