Sagrado e profano juntos

Materiais, cores e intervenções pontuais dão ar contemporâneo a essa construção secular

iG Minas Gerais | Nick Amies |

A escada fica em uma estrutura moderna, revestida com o piso reciclado da igreja, e “separa” a cozinha da sala de estar
Andreas Meichsner/The New York Times
A escada fica em uma estrutura moderna, revestida com o piso reciclado da igreja, e “separa” a cozinha da sala de estar
A transformação misturou o celeste e o ímpio de forma impressionante. Os visitantes são confrontados com um contido mural cinza de anjos e um interior branco em estuque, que brilha com a luz que entra pelas janelas de vitrais restaurados, mas também com uma escada vermelho-sangue que leva até a suíte master do segundo andar.    A escada fica em uma estrutura moderna, revestida com o piso reciclado da igreja, que também abriga o depósito e algumas funções da cozinha.   Escritório O local onde ficava o altar agora é o escritório da casa. Do outro lado da nave, perto da entrada, ficará o quarto das crianças (eles estão esperando gêmeos que devem nascer em agosto). E o jardim do mosteiro foi transformado em uma área de estar ao ar livre do casal, onde um bando que chamam de suas “ovelhas perdidas” – pequeninas e de madeira – pastam no gramado.    “Temos um lema que resume a essência da casa: valorizar a criança que existe em cada um, manter-se puro, brincar e explorar”, diz Olthof. “Acho que o projeto da nossa casa representa isso”. E acrescentou: “Nós honramos a santidade, mas adicionamos algo inocente e travesso à sua forma moderna”.  

Leia tudo sobre: decoraçãocasaigreja