Benzema não lamenta gol 'roubado' pela arbitragem no fim do jogo

Juiz apitou o fim da partida um pouco antes de o atacante anotar o que teria sido o sexto tento dos franceses

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA E THIAGO PRATA |

Na Arena Fonte Nova, em Salvador, França goleou a Suíça por 5 a 2, pela Copa do Mundo 2014
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Na Arena Fonte Nova, em Salvador, França goleou a Suíça por 5 a 2, pela Copa do Mundo 2014

Salvador (BA). O pênalti perdido não foi capaz de tirar de Benzema o prêmio de craque da partida entre França e Suíça. Com exceção desta falha, o atacante sobrou em campo e, assim como contra Honduras, comandou os Bleus rumo a uma vitória esmagadora, desta vez por 5 a 2.

O avante deu as assistências para o segundo e o quinto gols, marcados por Matuidi e Sissoko, respectivamente, e ainda anotou o quarto tento. Com isso, já são três gols marcados pelo camisa 10 nesta Copa do Mundo. E olha que poderia ser mais, se não fosse a ‘pressa’ do árbitro do jogo desta sexta-feira.

O juiz holândes Bjorn Kuipers havia encerrado o jogo pouco antes de o chute de Benzema estufar as redes. Seria o sexto da França no duelo ante os suíços e o quarto do atacante no Mundial.

“Eu não ouvi o apito. Então, marquei o gol. Mas o mais importante foi a vitória e a maneira como ela aconteceu", destacou o homem do jogo.

O atleta ressaltou ainda que não se abateu quando perdeu a penalidade. “Para mim, não foi nada. Estou aqui para trabalhar pelos meus companheiros. Perdi um pênalti, depois marquei um gol. Fizemos uma grande partida. O mais importante foi ganhar”, disse.

Leia tudo sobre: FrançaSuiçaBenzema