Pobres perderam mais renda com a crise econômica do que ricos

De acordo com a instituição, nesse intervalo, a queda de renda foi duas vezes maior para os mais pobres do que para os 10% mais ricos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

As pessoas com menor renda perderam mais durante a crise econômica mundial ou ganharam menos durante a recuperação dos países.

Estudo da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento) deste mês mostra que a renda dos 10% mais pobres caiu 1,6% por ano de 2007 a 2011 nos 33 países com dados disponíveis.

"Dos 33 países analisados, os 10% mais ricos se saíram melhor do que os 10% mais pobres em 19 países", diz a pesquisa.

De acordo com a instituição, nesse intervalo, a queda de renda foi duas vezes maior para os mais pobres do que para os 10% mais ricos.

Nas nações mais atingidas pela crise, como a Espanha, os dados apontam que os rendimentos dos 10% mais pobres caiu mais do que a da população mais rica em todos os anos, exceto em 2010. Além disso, em 2009, a renda dos 10% mais ricos cresceu no país.

Na Grécia, a crise levou a uma mudança no padrão de ajuste do rendimento real em toda população, levando a um aumento gradual da distância entre as classes.

Já a renda dos 10% mais pobres permaneceu estável na Alemanha, houve ligeira alta anual de 0,2% no Reino Unido e queda de 1,3% nos Estados Unidos nos quatro anos analisados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave