Sabella confirma 4-3-3 e descarta qualquer problema com Messi

Treinador garante que ambiente em seu grupo é perfeito e confirmou parte ofensiva com Messi, Higuaín e Agüero

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 20.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Treino da Argentina na Cidade do Galo em Vespasiano MG.
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 20.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Treino da Argentina na Cidade do Galo em Vespasiano MG. Foto: Douglas Magno / O Tempo

Alejandro Sabella fez o esperado. Confirmou a formação 4-3-3 da Argentina para enfrentar o Irã neste sábado (21), às 13h, no Mineirão. A entrevista coletiva do treinador antes da partida foi dominada pelas declarações de Lionel Messi. O atacante disse, no dia seguinte à vitória na estreia sobre a Bósnia, estar acostumado a esquema mais ofensivo. No Maracanã, a Argentina entrou em campo com uma linha de cinco na defesa. "Messi já havia dito muitas vezes gostar de atuar no 4-3-3 com Di María se aproximando dos atacantes. Não temos nenhum problema e o ambiente está perfeito", disse o treinador. Com a mudança, a seleção vai começar com Messi, Aguero e Higuaín no ataque. Foi assim que a seleção disputou a maior parte das eliminatórias sul-americanas. Contra o Irã, a Argentina se classifica por antecipação em caso de vitória e ficaria perto de conquistar o primeiro lugar do Grupo F. Mesmo com a negativa de ter qualquer problema com as declarações de seu principal jogador, Sabella ouviu insistentes perguntas o sobre assunto que considera uma falsa polêmica, já que não se trata de algo novo. Pode não ter alterado o tom de voz, mas ficou visivelmente impaciente. Na saída do vestiário no Rio de Janeiro, minutos após o primeiro triunfo, outros atletas haviam dito que a equipe havia melhorado apenas após a entrada de Higuaín no intervalo. O próprio técnico reconheceu ter errado na escalação. "A partida não se desenvolveu da maneira que eu imaginava. Não me aborreceu em nada as considerações de Leo [Messi]. Era algo que já havia dito. Perguntaram como gosta de jogar e ele disse. E disse com muito respeito. É algo que sabíamos", descartou. Considerado o adversário mais fraco da chave, o Irã pode ser o adversário ideal para testar esquema com quatro atacantes. Mas Sabella, além do Irã, está preocupado também com possível alta temperatura no Mineirão. A Argentina fez o primeiro jogo às 19h. Neste sábado, entra em campo às 13h. "O Irã é uma equipe que tem muito a ver com a cultura iraniana, forte mentalmente e fisicamente. Um país que já passou por guerras. Vão esperar pela sua possibilidade [para atacar] em campo", analisou. Com a mudança no esquema, a Argentina vai entrar em campo com Romero; Zabaleta, Garay, Federico Fernández e Rojo; Mascherano, Gago e Di María; Messi, Aguero e Higuaín.