Borracheiro joga água em idoso e é baleado no Carlos Prates

Após discussão, idoso buscou arma em casa e deu três tiros em direção ao trabalhador; ele não corre risco de morte

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Borracharia da vítima fica no início da avenida Padre Eustáquio
REPRODUÇÃO/ GOOGLE STREET VIEW
Borracharia da vítima fica no início da avenida Padre Eustáquio

Uma discussão entre um idoso de 75 anos e um borracheiro terminou com o trabalhador baleado duas vezes, na tarde desta sexta-feira (20), na avenida Padre Eustáquio, no bairro Carlos Prates, na região Noroeste de Belo Horizonte. 

Segundo as informações do tenente Renilson Costa, da 9ª Companhia do 34º Batalhão da Polícia Militar (PM), a viatura chegou ao local pouco após os disparos e se deparou com o borracheiro Alvimar Vargas Corgozino, de 48 anos, ferido. "Ele foi baleado duas vezes, mas estava consciente. Contou que há tempos ele e o vizinho não se dão bem e o idoso sempre passa e o xinga. Hoje ele repetiu a agressão e ele afirma que jogou água nele", conta o policial.

Após a discussão, o idoso Guilherme Moreira Lélis foi até a sua casa e retornou armado, fazendo três disparos em direção ao borracheiro. Ele foi atingido duas vezes, uma nas costas e outra em uma das pernas. "Depois de disparar, o idoso simplesmente foi para casa e guardou a arma. O prendemos lá, enquanto uma viatura socorria a vítima", explicou o tenente Costa. 

Corgozino foi socorrido para o Hospital Odilon Behrens, onde segue internado, sem risco de morte.  Segundo testemunhas, os dois envolvidos já tinham problemas anteriores e ambos eram de convivência difícil. 

Outro lado

Apesar das afirmações da vítima, o autor dá uma versão diferente para a história. Lélis afirma que foi levar um pneu para consertar na borracharia e teria sido maltratado pela vítima, que teria jogado água nele. Revoltado, ele teria ido em casa e pegado a arma. 

O revólver calibre 38 foi apreendido pela polícia. "Ele tinha o registro no nome dele, entretanto, ele estava vencido desde o ano passado", lembrou o policial. O idoso foi preso em flagrante e levado para a Central de Flagrantes (Ceflan), no bairro Floresta.

Leia tudo sobre: borracheirobaleadoidosocarlos pratespadre eustáquioconfusãotiroteio