Após eliminações, chilenos já sonham em tirar o Brasil

Volante Carlos Carmona lembrou que a seleção brasileira foi algoz dos chilenos nas disputas anteriores

iG Minas Gerais | Ricardo Corrêa |

Dispostos a conquistar o primeiro lugar do grupo, os chilenos tentam evitar pensar no provável adversário nas oitavas de final, que pode ser Brasil, México ou Croácia. No entanto, o assunto é inevitável. Em coletiva de imprensa na toca da Raposa II, onde o time realiza seus treinamentos, os volantes Carlos Carmona e Francisco Silva preferiram falar da Holanda, adversário na partida de despedida da fase de grupos da competição. Porém, eles reconhecem que o Brasil, que eliminou o Chile na última Copa, está engasgado na garganta. "Em Mundiais anteriores, Chile foi eliminado pelo Brasil. Queremos tirar esse espinho. Sabemos que vai ser muito difícil, mas agora temos que ir passo a passo. O primeiro é tentar ficar em primeiro do grupo. É preciso manter os pés no chão", disse Carlos Carmona. O jogador do Atalanta (Itália) afirmou ser uma motivação extra para os jogadores sentir o apoio da torcida chilena, que veio em bom número ao Brasil. Apesar disso, ele criticou a atitude de alguns torcedores que invadiram a área voltada à imprensa no Maracanã. "Eu entendo o fervor do torcedor, mas essa não é a melhor maneira de ajudar", realçou, em palavras semelhantes às de Francisco Silva. O volante do Osasuna, da Espanha, evitou concordar com as avaliações de que o Chile joga o melhor futebol da competição até aqui, mas reconheceu a força do grupo. "Nós vemos isso bem. Estamos orgulhosos do que estamos fazendo. Demonstramos isso nas partias que passaram. Não podemos parar agora", disse.  Carlos Carmona ainda destacou a importância da preparação física em um pais como o Brasil. "É um Mundial muito físico, com climas diferentes, por isso temos que estar bem preparados. É o que temos feito e isso está se refletindo nas partidas que temos jogado”. O Chile encara a Holanda no próximo dia 23 de junho, às 13h, na Arena Corinthians, valendo o primeiro lugar do grupo B. A Holanda joga pelo empate, por ter melhor saldo de gols até aqui. Os classificados desse grupo pegam, respectivamente, o segundo e o primeiro colocados do grupo do Brasil. Hoje, esses confrontos seriam entre Holanda e México e Brasil e Chile.

Leia tudo sobre: Chileseleção chilenacoletivatoca da raposaholandabrasil