Ação da PM em manifestações será revista, diz Alckmin

O protesto com 1.300 pessoas organizado pelo MPL (Movimento Passe Livre) nesta quinta-feira (19) terminou com depredações de concessionárias e agências bancárias

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O governador de SP, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou na manhã desta sexta-feira (20) que a ação da Polícia Militar em manifestações será revista. De acordo com Alckmin, uma das medidas a serem adotadas será a identificação de manifestantes envolvidos nas depredações de ontem através das imagens de gravações do ato.

O protesto com 1.300 pessoas organizado pelo MPL (Movimento Passe Livre) nesta quinta-feira (19) terminou com depredações de concessionárias, agências bancárias e de um carro da TV Gazeta durante uma passeata pela região central e pela zona oeste de São Paulo.

A PM acompanhou o ato de longe e só foi acionada quando um grupo de mascarados invadiu concessionárias de carros de luxo na marginal Tietê e começou a destruir os veículos. Agências bancárias ao longo da avenida Rebouças já haviam sido atacadas, mas sem a interferência da polícia.

A Polícia Militar afirmou, em coletiva realizada na noite desta quinta, que um acordo feito entre a corporação e o MPL fez com que os policiais acompanhassem à distância o protesto entre a região central e a zona oeste de São Paulo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave