Miro desiste de candidatura

iG Minas Gerais |

Rio de Janeiro. O deputado federal Miro Teixeira anunciou, ontem, que retirou a sua pré-candidatura ao governo do Rio pelo PROS. Em carta enviada ao presidente regional do partido, Hugo Leal, o parlamentar reclama da “falta de ambiente” para uma coligação. A gota d'água foi a visita anteontem do pré-candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, no Morro da Mangueira.

Segundo Miro Teixeira, a decisão não foi comunicada a ex-senadora Marina Silva, pré-candidata a vice na chapa de Eduardo Campos, e que também participou da visita na comunidade carioca. Marina era a principal incentivadora da candidatura do parlamentar ao Palácio Guanabara. No entanto, Eduardo Campos já vinha negociando com o senador Lindbergh Farias, pré-candidato ao governo pelo PT.

“A coligação não se revelou na prática durante a recepção ao Eduardo Campos (na Mangueira), por exemplo. Se isso aconteceu numa pré-campanha, imagina durante a campanha oficial”, disse Miro Teixeira.

O deputado reclamou da pouca adesão de integrantes do PSB à agenda de Campos e Marina no Rio. O deputado federal Romário (PSB-RJ), pré-candidato ao Senado, por exemplo, ficou apenas poucos minutos no local e saiu sem falar com a imprensa.

Aos jornalistas, Campos e Marina reiteraram apoio a Miro, que evitou polemizar. “Não há culpados, há circunstâncias. O presidente do PSB no Rio, deputado federal Glauber Braga, não quis falar. Disse apenas que vai se manifestar na convenção do partido, amanhã.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave