Inspirado no Batman e sem dublê nas gravações

iG Minas Gerais | da redação |

Ator conta que dispensa dublês para dar mais realismo às cenas
Paulo Belote
Ator conta que dispensa dublês para dar mais realismo às cenas

Sem dublês para as cenas de ação. É assim que Cauã Reymond encara as gravações de “O Caçador”, série policial da Globo que ele protagoniza na pele do caçador de recompensas André.

Em entrevista ao jornal “Extra”, o ator explicou que essa decisão partiu dele mesmo, já que gosta de dar mais realismo às cenas em que representa. “Apanhar é uma arte. Minhas tias e avós não gostam de me ver apanhando, elas sofrem, fecham os olhos. Ainda mais que na maioria das vezes eu mesmo fiz as cenas. As de lutas foram todas. Uma ou outra que o dublê fazia. Como quando André teve que saltar de uma moto em chamas. Aí falei: ‘vai nessa, meu camarada, tenho filha pequena’. Já tive soco na cara, machuquei cotovelo, joelho, coloquei gelo no set... Mas nada que me fizesse desfalcar a gravação”.

Cauã disse que se inspira no Batman para interpretar seu personagem, um policial acusado de crimes que não cometeu. “Eu me inspirei no Batman: um cara que trabalha na noite, sozinho, na surdina, que tem um quê de fantasma”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave