Graveola de volta à estrada

A banda Graveola e o Lixo Polifônico se apresenta hoje no Granfinos e prepara nova temporada internacional

iG Minas Gerais | Carlos Andrei Siquara |

Turnê. Grupo mineiro embarca para a Europa na próxima semana e aporta primeiro em Coimbra
Tamas Bodolay
Turnê. Grupo mineiro embarca para a Europa na próxima semana e aporta primeiro em Coimbra

Alguns destinos, como Lisboa e Londres, são conhecidos. Outros, a exemplo de Berlim, Colônia e Bruxelas serão novidades para o Graveola e o Lixo Polifônico. Prestes a visitar esses lugares, em razão da turnê que terá início a partir da próxima semana, o grupo vai levar para a Europa show semelhante ao que apresenta aqui, hoje à noite, no Granfinos.

Além do tom espontâneo e bem-humorado que marca a presença da banda no palco, de acordo com o músico Zé Luis, o conjunto experimenta agora um espetáculo mais redondo.

“Nós queremos manter a ideia de fazer um show com a nossa cara, ou seja, com as características que as pessoas já conhecem, mas estamos buscando dar uma dimensão mais organizada às apresentações. Às vezes, subíamos ao palco com umas 30 canções na cabeça e puxávamos algumas na hora. Queremos fazer algo diferente agora”, explica Zé Luis.

Ele conta que, ao contrário das outras viagens, desta vez vão contar com o cachê dos 10 shows programados para pagar as despesas com passagens, estadia e transporte necessárias. “Esse é o quinto ano que vamos para a Europa, mas o primeiro que não conseguimos nenhum recurso para ajudar em parte dos gastos com a turnê, como as passagens, via editais públicos”, diz o compositor. “Por isso, ainda que fiquemos no zero a zero, vamos gastar o que recebermos para fechar essas contas”, acrescenta.

De Coimbra, em Portugal, a Paris, o Graveola vai participar de circuitos de festivais, além de cumprir algumas datas em casas noturnas. Para Zé Luis, a presença deles no exterior reflete a continuidade de parcerias. O trabalho com a Mais Um Discos, que os representa em Londres, é uma delas.

“Nós estamos consolidando parcerias cada vez melhores, que nos tem proporcionado retornos muito bacanas. Em cada lugar, há alguém interessante que vamos conhecendo. Em Londres, por exemplo, estamos em contato com um produtor musical de lá que tem grande interesse na música brasileira. Ele já morou aqui e estamos conversando para fazermos algo juntos”, conta Zé Luis.

Com quatro álbuns na bagagem, o grupo desenha um novo disco. Já há algumas canções inéditas, entre elas, “Maquinário”, “Mint Sun Drops” e “Back in Bahia” que devem aparecer no show de hoje e poderão também dar uma mostra da atual fase da formação.

“Eu noto um amadurecimento do grupo, que também está sempre se renovando. Junto com a chegada de Luiza Brina, Igor Rajão e, mais recentemente, Gabriel Bruce, aparecem novos estímulos”, acrescenta Zé Luis.

Agenda

O quê. Show de Graveola e o Lixo Polifônico com o DJ Guto Lover

Quando. Hoje, às 22h

Onde. Casa de Show Granfinos (av. Brasil, 326, Santa Efigênia)

Quanto. R$ 20 (antecipado), R$ 30 (na porta)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave