Suíça prepara armadilha para superar a França na Fonte Nova

Proposta de jogo da equipe vermelha é sufocar os Blues desde o primeiro minuto do jogo desta tarde

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Salvador (BA). Nesta sexta-feira, às 16h, na Arena Fonte Nova, Suíça e França medirão forças, valendo a liderança da chave E da Copa do Mundo. Durante o período de treinos, o técnico da seleção helvética, Ottmar Hitzfeld, preparou uma estratégia capaz de frear o forte ataque dos Blues e ainda fazer valer a força de seu sistema ofensivo.

Hitzfeld está atento quanto ao poderio do time francês, que marcou 21 gols nos últimos seis jogos que disputou, incluindo a goleada, por 3 a 0, sobre Honduras, na estreia do Mundial.

“Sabemos disso (os números do ataque francês). A França pode melhorar como grupo, tem uma posição defensiva muito forte agora. O Didier Deschamps é um excelente técnico e que pode transmitir essa vontade à equipe. É uma característica da seleção francesa ter cada estrela como um membro da equipe. Isso a deixa mais poderosa”, afirmou o treinador da Suíça.

O comandante do time vermelho analisou friamente a última vitória dos franceses e espera que sua equipe possa se superar em todos os sentidos nesta tarde.

“No último jogo, eles (França) fizeram três gols e não levaram gols. É uma seleção muito flexível, um time que organiza muito rápido e que funciona como uma máquina. E nós vamos implantar nossa filosofia de atacar bastante para ter alguma chance”, disse.

Leia tudo sobre: HitzfeldDeschampsSuiçaFrança