Ficou complicado, mas vamos acreditar, diz meia inglês após derrota

Para avançar às oitavas, a Inglaterra precisa que a Itália termine o Grupo D com 100% de aproveitamento

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O experiente Gerrard ainda vê grupo confiante antes de partida decisiva contra Uruguai
FA/Divulgação
O experiente Gerrard ainda vê grupo confiante antes de partida decisiva contra Uruguai

Após a derrota por 2 a 1 para o Uruguai, os jogadores da Inglaterra deixaram o Itaquerão, na noite desta quinta-feira (19), cabisbaixos e quase sem atender a imprensa. Privilegiaram os jornalistas britânicos, mas o discurso foi o mesmo: acreditar na classificação até não ter mais chances reais de ir às oitavas de final. "Ficou complicado, mas ainda não estamos eliminados. Vamos refletir o que aconteceu de forma responsável e pensar no que precisamos fazer", disse o capitão Steven Gerrard na área de entrevistas do estádio paulistano. "Ainda temos esperança porque o resultado de Itália e Costa Rica pode nos ser favorável. Aí vamos jogar nossas vidas contra a Costa Rica", acrescentou sobre o duelo do dia 24, em Belo Horizonte. Para avançar às oitavas, a Inglaterra precisa que a Itália termine o Grupo D com 100% de aproveitamento, ou seja três vitórias. Assim teria de vencer a Costa Rica e descontar o saldo de gols -hoje negativo com menos dois- em relação aos uruguaios para ficar com a vaga. A Inglaterra foi eliminada na primeira fase da Copa apenas duas vezes. Em 1950, quando fizeram a estreia no Mundial do Brasil. Depois, em 1958, quando inclusive jogaram contra o Brasil. O único título inglês na história das Copas foi obtido em 1966, quando o torneio foi na Inglaterra.

Leia tudo sobre: gerrardInglaterrainglaterraconfianteclassificaçãocopa do mundo