Vexame de 2010 não tira o foco do time atual, diz capitão da França

Bleus amargaram a última colocação na Copa da África do Sul e, no Brasil, buscam apagar esta vergonha

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Lloris espera ver a França mostrar um bom futebol contra a Suíça para encaminhar o primeiro lugar no grupo
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Lloris espera ver a França mostrar um bom futebol contra a Suíça para encaminhar o primeiro lugar no grupo

Salvador (BA). Hugo Lloris estreou em uma Copa do Mundo como titular da França na África do Sul e participou da vexatória campanha que eliminou o então campeão mundial logo na primeira fase do torneio. Novamente entre os 11 principais dos Bleus, o atual capitão francês – em 2010 era Evra – deseja apenas que a decepção em solo sul-africano repouse em silêncio no passado para a equipe azul viver novos momentos de glória.

Para que isto aconteça, o goleiro deseja manter o ritmo de vitórias diante da Suíça, nesta sexta-feira, após a França vencer Honduras por 3 a 0 na estreia em terras brasileiras.

“A gente não está pensando muito com relação a 2010, estamos concentrados na partida de amanhã (sexta). Passado é passado.”, disse Lloris, deixando claro o otimismo francês em relação a este Mundial.

“Estamos aqui para chegar o mais longe possível, esperando os melhores resultados. E isso vai depender do resultado de amanhã contra um adversário bastante forte. Temos de fazer uma ótima partida”, completou.

França e Suíça dividem a liderança do grupo E com três pontos, com os Bleus levando vantagem no saldo de gols (3 contra 1). A partida desta sexta será às 16h na Arena Fonte Nova, em Salvador.