Volante marfinense chora muito durante hino por morte do pai

O meio-campista Serey Die soube pouco antes de enfrentar os colombianos que havia perdido seu pai

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma cena comovente, um choro que impressionou o mundo. O volante da Costa do Marfim Serey Die não se conteve durante a execução do hino marfinense, nesta quinta-feira, no estádio Mané Garrincha. Antes do jogo contra a Colômbia, o meio-campista tomou conhecimento da morte de seu pai.

Mesmo abalado, Die, muito consolado por seus companheiros, tentou fazer o possível por sua equipe, que não conseguiu um resultado positivo diante dos colombianos. Derrota dos africanos pelo placar de 2 a 1.

Agora, a Costa do Marfim tem uma última chance para tentar avançar de fase. Enfrenta a Grécia, na próxima terça-feira, às 17h, no Castelão, em Fortaleza.

Leia tudo sobre: Serey DiecolombiaCopa do MundoCosta do Marfimpai