Após sufoco na estreia, suíços esperam evolução contra a França

Equipe helvética acredita que poderá crescer durante a competição mundial disputada no Brasil

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA E THIAGO PRATA |

Suíça espera apenas evoluir na Copa do Mundo e surpreender a todos
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Suíça espera apenas evoluir na Copa do Mundo e surpreender a todos

Salvador (BA). A estreia da Suíça na Copa do Mundo contra o Equador foi movida a superação e a certeza na equipe europeia de que há muito a evoluir como time. O triunfo por 2 a 1 aconteceu apenas aos 48 minutos do segundo tempo, graças ao gol de Seferovic e o alívio do técnico Ottmar Hitzfeld foi imenso ao ver o placar favorável ao fim do duelo.

O técnico alemão exalta comprometimento de seus comandados e deseja ver o mesmo espírito aguerrido contra a França nesta sexta-feira, na Arena Fonte Nova.

“No minuto 93 estávamos muito bem, foi uma compensação, jogamos bem, tínhamos crença muito firme que poderíamos ganhar. Quero ver isso amanhã (sexta) também. E era o primeiro jogo, quando estávamos um pouco nervosos; vamos melhorando ao longo da competição”, disse Hitzfeld.

Esta ânsia em conquistar logo a vitória na estreia foi confirmada pelos jogadores suíços, que esperam um crescimento no rendimento da equipe durante o torneio.

“Como o técnico já assinalou, estávamos nervosos no primeiro tempo e não foi um bom começo. Depois dessa grande vitória contra o Equador, nós discutimos o que aconteceu e acreditamos em nós”, comentou o capitão da equipe, Gokhan Inler.

“Eu acho que depois do primeiro jogo a equipe está mais relaxada, tranquila, mas a França será um grande oponente”, completou.

Vale lembrar que a seleção da Suíça conta com alguns nomes experientes como Benaglio, Lichtsteiner e Von Bergen, mas tem a juventude como ‘detalhe’ marcante em atletas importantes como Ricardo Rodríguez, Xhaka e Shaqiri.

A Suíça tem nesta sexta-feira o confronto teoricamente mais difícil da chave. A seleção helvética enfrentará a França às 16h na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Leia tudo sobre: suicaselecao suicaCopa do Mundosufocofrancaequadorfrança