Seleção volta à Granja Comary com chuva e recepção fria

Pouco mais de cem torcedores enfrentaram frio e chuva para ver a chegada da seleção, a mais fria recepção até agora

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

No campo 2, onde a seleção treinou, não havia placas de publicidade no entorno do gramado
douglas magno
No campo 2, onde a seleção treinou, não havia placas de publicidade no entorno do gramado

Mesmo sendo feriado, a chuva afastou a torcida no retorno da delegação da seleção brasileira à Granja Comary, em Teresópolis, no início da tarde desta quinta-feira (19).

Os jogadores se reapresentaram na base aérea do Galeão, no Rio, por volta das 11h30, depois de ganharem a quarta-feira (18) de folga. Um dia antes, empataram por 0 a 0 com o México, em Fortaleza. Pouco mais de cem torcedores enfrentaram frio e chuva para ver a chegada da seleção, a mais fria recepção até agora.A temperatura em Teresópolis estava por volta de 16 graus Celsius.

Nesta tarde, às 15h30, acontecerá o primeiro treino preparatório para o jogo de segunda-feira (23), contra Camarões, em Brasília. O Brasil precisa empatar para se classificar à segunda fase da Copa. O técnico Luiz Felipe Scolari deve comandar um trabalho tático para os atletas que jogaram menos tempo contra o México. Deve haver mudanças no time que empatou no Ceará. Fernandinho é cotado para entrar na vaga de Paulinho.

Leia tudo sobre: copa do mundoSeleção