Fifa libera R$ 45 mi de legado Sentimento dividido entre o otimismo e o pé no chão

iG Minas Gerais |

Felipão mostrou extrema irritação com a imprensa após o empate de terça
NILTON FUKUDA/estadão conteúdo - 17.6.2013
Felipão mostrou extrema irritação com a imprensa após o empate de terça

Fortaleza. Com brasileiro não tem meio termo. Ou está bom, ou está ruim. É amor ou ódio. É crítica ou elogio. Para os pessimistas, o Brasil que empatou com o México dá sinais de que não é uma equipe confiável. Para os otimistas, a seleção brasileira, mesmo não conseguindo vencer, mostrou evolução diante de um adversário de qualidade.

O que vale é o resultado. E já que esse Brasil vinha de dez vitórias seguidas, o empate, querendo ou não, faz a curva decair. Na área de zona mista, logo após a partida de terça-feira em Fortaleza, os jogadores expressaram certo rancor com os questionamentos prematuros. Cada um a seu jeito, eles procuram justificar o resultado deixando claro que não há facilidade por se jogar dentro de casa. Quem pensava que a primeira fase seria “balela”, se enganou. “A preocupação (para se classificar) sempre existiu, independentemente de ter empatado ou não. Era uma chave que não era fácil, e a gente já sabia disso”, ponderou o goleiro Julio Cesar. O Brasil campeão do mundo em 1970 e 2002 não empatou sequer um jogo, mas os times vencedores de 1958, 1962 e 1994 registraram um empate na campanha. Na tentativa do hexa em 2014, os jogadores não são de se apegar a números. “A meu ver, o encanto ainda existe em jogadores que estão correndo, com a concentração de que estamos na Copa. Tivemos um adversário muito difícil. Não tem como você comparar uma competição com outra. Falar de números é muito fácil”, avalia o zagueiro David Luiz. É um clichê, mas a primeira fase é o melhor momento para se encontrar os erros e corrigi-los. “Em se tratando de Copa, esse ponto vai ser muito importante”, projeta Luiz Gustavo. Mesmo irritado com as críticas, o técnico Luiz Felipe Scolari enxerga evolução no time. “Na minha opinião, o time jogou melhor do que contra a Croácia. Evoluiu, pelo menos, 10%. O time tem evoluído e tem possibilidade de melhora. Estou satisfeito”, ressaltou. Dilma confiante. A presidente Dilma Rousseff disse nessa quarta que está confiante na vitória do Brasil na Copa do Mundo, apesar do empate contra o México. Após evento no Palácio do Planalto, ela comentou brevemente o resultado do jogo e negou que estivesse “frustrada”. “Estou certa de que vamos ganhar. Às vezes, para ganhar, é preciso passar por um 0 a 0”, disse Dilma.

Fifa libera R$ 45 mi de legado

Rio de janeiro. A Fifa anunciou nessa quarta a liberação dos primeiros US$ 20 milhões (R$ 45,1 milhões) como legado da Copa do Mundo para desenvolvimento do futebol brasileiro. O dinheiro, no entanto, não irá para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A verba será investida em projetos para a evolução da formação de jogadores e do futebol feminino, principalmente. Todos precisam ser aprovados pela entidade que gere o esporte ao redor do mundo. A CBF fará parte do conselho que irá gerir esse fundo, mas não terá controle total sobre as ações e as finanças. A previsão da Fifa é que o Brasil receba até R$ 225 milhões para investir nesses projetos sociais como contrapartida da entidade pela organização da Copa. O valor do fundo de legado, no entanto, só será definido quando o balanço financeiro do Mundial for fechado. A ideia é depositar dinheiro nos Estados que não receberam jogos da Copa. “Não é uma questão política”, afirmou o presidente da CBF, José Maria Marin.

Felipão e Neymar no mesmo voo São Paulo.  De acordo com o jornalista Mario Sergio Conti, colunista da Folha, Felipão e Neymar embarcaram juntos nessa quarta no começo da noite do Rio de Janeiro para São Paulo, após o dia de folga da seleção. Com o voo lotado, os dois foram sentados próximos e o diálogo foi intenso durante os cerca de 50 minutos da viagem. “Vê se dorme, moleque”, disse o técnico ao jogador. Neymar desligou o celular, mas não dormiu, apesar de apenas um passageiro ter pedido um selfie a ele durante o voo. Felipão também não dormiu, preocupado com o céu carregado. Porém, respondeu tudo que lhe foi perguntado pelo experiente jornalista. “Acho que, até agora, os melhores times foram a Holanda e a Alemanha”, disse o treinador. “Eles vão dar trabalho. A Itália também. Ela sempre chega às semifinais. É como o Brasil: tem tradição, empenho, torcida”, ressaltou o técnico. Sobre o empate em 0 a 0 com o México, respondeu: “Pode ter sido até positivo, na medida em que jogou um pouco de água fria no oba-oba, na ideia de que é fácil ganhar uma Copa.” “Quem diria que a Espanha sairia da Copa logo de cara”, completou Felipão.

Marcelo curte folga com a irmã Marcelo foi novamente uma das principais figuras da seleção brasileira no empate em 0 a 0, na terça-feira, diante do México, na Arena Castelão, em Fortaleza. O jogador do Real Madrid caiu dentro da área mexicana no fim do jogo e pediu pênalti, mas a arbitragem mandou o jogo seguir. No dia seguinte ao empate, o lateral esquerdo, que está no Rio de Janeiro, aproveitou o dia de folga dado pelo técnico Luiz Felipe Scolari aos seus jogadores para matar a saudade da irmã, Júlia. “Minha pretinhaaa ! @julia_vieiras #mylilsister”, disse Marcelo em sua conta no Instagram.

Hernanes tira foto com família Hernanes aproveitou a folga para curtir a sua família. Pai de três filhos, o volante da Inter de Milão matou a saudade também da esposa, Erica, que aproveitou a presença do marido para mostrar a união da família e a felicidade de tê-lo por perto, mesmo que por 24 horas já que nesta quinta, às 11h, os jogadores se reapresentam na Granja Comary. Além disso, ele publicou uma imagem dos amigos e familiares que foram à Arena Castelão para ver o jogo contra os mexicanos.“Orgulho de ser pernambucano e de ser brasileiro! Somos um só coração!”, publicou o volante em uma rede social.

David Luiz toma banho de piscina David Luiz nem sequer voltou com a delegação para o Rio de Janeiro após o empate com o México na terça-feira e aproveitou que já estava no Ceará para visitar os familiares na cidade de Cascavel. Quem curtiu foi a mãe de David, Dona Regina. Pela manhã, o zagueiro da seleção brasileira já havia postado um vídeo em que aparecia brincando com o sobrinho Abner. À tarde, foi a vez de a mãe dele registrar a reunião de família na internet. Em seu Instagram, ela publicou uma foto de David e familiares na beira da piscina. “Folga abençoada! @davidluiz_4 e família! #rumoaohexa”, publicou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave