Vanessa e Maria da Consolação disputam vagas no Legislativo

iG Minas Gerais | Raquel Gondim |

O PSOL e o PSTU de Minas oficializaram nessa quarta a aliança para a disputa das eleições com Maria da Consolação (PSOL) e Vanessa Portugal (PSTU) disputando vagas na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, respectivamente. Com a decisão de abrir mão de lançar seus principais nomes na disputa por um cargo majoritário, a Frente de Esquerda amplia as chances de ganhar representatividade legislativa.  

Vanessa Portugal reconheceu a estratégia e disse que irá percorrer o Estado em busca de votos para deputada estadual. “Se os nomes mais conhecidos são os nossos, que seja. Estamos nessa disputa para ganhar o maior número de votos. Se há uma chance eleitoral, não vamos correr dela”, disse.

Segundo Maria da Consolação, ela e Vanessa irão precisar de cerca de 200 mil votos para se elegerem. Ela enfatizou que existe uma forte pressão da área de educação por espaço no Legislativo e que as duas candidaturas atendem a essa demanda, uma vez que ela e Vanessa são professoras da rede pública. “Os debates educacionais passam pela Câmara Municipal, pela Assembleia e pela Câmara federal”.

Consolação que, inicialmente, era cotada para a disputa pelo governo do Estado disse que as divergências internas foram vencidas. A chapa da coligação para a disputa pelo Palácio Tiradentes será encabeçada por Fidélis Alcântara (PSOL) e a professora Vitória Melo como vice.

A coligação majoritária terá ainda o metalúrgico Geraldo de Araújo (PSTU) na disputa pelo Senado. 

Presidência

Candidato. Após o senador Randolfe Rodrigues (PSOL) desistir de disputar a Presidência, Maria da Consolação (PSOL) disse que o partido ainda está discutindo um nome para substituí-lo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave