Barbosa preferiu deixar a relatoria

iG Minas Gerais |

Joaquim Barbosa discutiu, na Corte, com o advogado de Genoino
Nelson Jr./SCO/STF - 29.5.2014
Joaquim Barbosa discutiu, na Corte, com o advogado de Genoino

Brasília. Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, anunciou na última terça-feira que renunciou aos encargos, às vésperas de formalizar a sua aposentadoria, acusando “vários advogados” dos processos de atuarem “politicamente”.  

A manifestação de Barbosa – que deve formalizar a sua aposentadoria na próxima semana – foi feita no processo de execução penal do ex-deputado federal José Genoino, condenado no mensalão.

Na noite de segunda-feira, o ministro entrou com representação, na Procuradoria da República no Distrito Federal, contra o advogado Luiz Fernando Pacheco, um dos patronos de José Genoino, por desacato, injúria e difamação.

Pacheco foi retirado à força da tribuna do plenário do tribunal, aos gritos, por seguranças, depois de um bate-boca com Barbosa, ao insistir que fosse analisado recurso de seu cliente ainda naquela sessão da Corte do Supremo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave