Turistas estrangeiros podem passar de 160 mil em BH

Ocupação em dia de jogo no Mineirão é de 100%; viajantes de 40 países tomam conta dos hotéis

iG Minas Gerais | Thais Pimentel |

Euforia. Holyday Inn, no Funcionários, comemora ocupação de 100% nos dias de jogos no Mineirão e de até 70% nos outros dias
UARLEN VALERIO/ O TEMPO
Euforia. Holyday Inn, no Funcionários, comemora ocupação de 100% nos dias de jogos no Mineirão e de até 70% nos outros dias

A rede hoteleira de Belo Horizonte comemora a “invasão” de turistas na cidade. Cerca de 160 mil estrangeiros devem passar por aqui até o fim da Copa do Mundo, de acordo com o Ministério do Turismo, dos quais 140 mil já compraram ingressos para os jogos no Mineirão, segundo a Empresa Municipal de Turismo (Belotur). O número supera, e muito, as previsões iniciais de cerca de 60 mil.  

O setor hoteleiro e o comércio agradecem. O recém-inaugurado Holiday Inn, no bairro Funcionários, que tem 216 quartos, fica lotado em dias de partidas no Gigante da Pampulha. “Nesta Copa, 70% dos hóspedes são estrangeiros. Normalmente eles reservam com pouca antecedência e ficam por aqui de três a quatro dias. Aí a lotação chega a 100%. Já estamos com o hotel reservado para o jogo entre Argentina e Irã no sábado”, conta a atendente Poliana Santos.

No albergue de Santa Tereza, na região Leste de Belo Horizonte, não há mais vagas. “Recebemos colombianos, gregos e até ingleses. Quem está deixando o hostel agora são os argelinos e belgas, mas as vagas deles já foram ocupadas pelos argentinos”, disse a gerente Cristie Gelmine, que registrou um aumento de 70% no faturamento, em relação a maio.

Para o gerente do hotel Ibis, na Savassi, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, Guilherme Sanson, o movimento tem correspondido às expectativas. “Nossa ocupação tem ficado na média dos 80%. Já nos dias de jogos, ela sobe para 100%. Tivemos uma grande procura de reservas antes da Copa”, explica.

Só na última semana, quatro novos hotéis foram inaugurados em Belo horizonte, com objetivo de aproveitar a vinda das “legiões estrangeiras”, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais (ABIH MG).

Multicultural Segundo a Belotur, turistas de 40 países estão circulando pela capital desde o início do mundial. Até agora, os colombianos, cuja seleção jogou aqui no último sábado, lideram o volume de visitantes.

De acordo com a Prefeitura de BH, calcula-se que mais de 20 mil pessoas daquele país visitaram a cidade, mas a Fifa afirma que 87% do público que assistiu à partida no Mineirão – cerca de 40 mil torcedores – eram colombianos.

Bilhões

Gringos. Ministério do Turismo estima que 3,7 milhões de turistas movimentem R$ 6,7 bilhões no país durante a Copa. Estrangeiros devem gastar, em média, R$ 5.500 durante visita. Comércio de BH espera incremento de 15% nas vendas.

Gastos Só no plástico. Turistas estrangeiros gastaram mais de US$ 27 milhões com cartões de crédito, na primeira semana da Copa do Mundo, de acordo com relatório divulgado pela operadora Visa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave