Nasa lançará satélite para vigiar poluição

Esta será a segunda tentativa; versão de 2009 explodiu no dia do lançamento

iG Minas Gerais |

LOS ANGELES, EUA. A Nasa vai lançar no dia 1º de julho um satélite construído para medir os níveis de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, o principal gás de efeito estufa que tem um impacto fundamental sobre o clima. Esse gás atingiu o seu nível mais alto nos últimos 800 mil anos. O satélite chamado de “Orbiting Carbon Observatory-2” (OCO-2) é muito semelhante ao OCO-1, que foi destruído quando a Agência Espacial dos Estados Unidos tentou lançá-lo em fevereiro de 2009.  

O objetivo do OCO-2 é ter uma visão mais completa e mais global das emissões humanas e naturais de CO2 assim como dos poços de carbono, oceanos e bosques, que absorvem e capturam este gás. “O dióxido de carbono na atmosfera tem um papel essencial no equilíbrio energético do nosso planeta e é um fator chave para entender como muda nosso clima”, explica Michael Freilich, diretor da divisão de ciências da Terra da Nasa.

MISSÃO. O satélite OCO-2 será lançado por um Delta 2 da empresa United Launch Alliance da base aérea Vandenberg, na Califórnia. Ele se tornará o principal observatório de uma frota de cinco outros satélites internacionais que irão girar em torno da Terra a cada 99 minutos para realizar observações quase simultâneas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave