Discussão entre veradores de Tapira termina em agressão e na polícia

Confusão foi gerada por causa de um terreno vago usado por um dos políticos para guardar seus cavalos

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Uma discussão entre dois vereadores de Tapira, no Alto Paranaíba, terminou em caso de polícia. A confusão aconteceu na segunda-feira (16), após entrarem em conflito por causa de um terreno vago usado por um dos políticos para guardar seus cavalos.

Conforme informações do sargento Flávio de Souza do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), Ronaldo Luiz guardava seus animais em um lote localizado na zona rural da cidade. Na segunda, Nivaldo Borges Pontes questionou a atitude, já que o local era alugado por ele e em estava usando era Luiz.

A discussão deu espaço a agressão. Os dois se atingiram com pedras e até um machado foi usado. Segundo o sargento, um dos vereadores usou a parte contrária à afiada para agredir o colega de profissão.

Ambos foram separados por vizinhos que presenciaram a cena e acionaram a PM. Eles foram encaminhados com lesões leves para o Hospital de Pronto-socorro da região. Em seguida, a dupla foi encaminhada para a Delegacia de Plantão de Araxá, na mesma região, onde a ocorrência foi encerrada.  Os envolvidos foram ouvidos e liberados.  

Leia tudo sobre: Vereadores de Tapira